terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

A ORAÇÃO DE NIETZSCHE

Hoje estive meditando sobre a oração do filósofo alemão Friedrich Nietzsche (1844-1900), aquele mesmo que disse: "Deus está morto”. Olha que interessante:

ORAÇÃO AO DEUS DESCONHECIDO

Antes de prosseguir em meu caminho
e lançar o meu olhar para frente uma vez mais,
elevo, só, minhas mãos a Ti na direção de quem eu fujo.
A Ti, das profundezas de meu coração,
tenho dedicado altares festivos para que, em
Cada momento, Tua voz me pudesse chamar.
Sobre esses altares estão gravadas em fogo estas palavras:
“Ao Deus desconhecido”.
Sou, sou eu, embora até o presente tenha me associado aos sacrílegos.
Sou, sou eu, não obstante os laços que me puxam para o abismo.
Mesmo querendo fugir, sinto-me forçado a servi-lo.
Eu quero Te conhecer, desconhecido.
Tu, que me penetras a alma e, qual turbilhão, invades a minha vida.
Tu, o incompreensível, mas meu semelhante,
quero Te conhecer, quero servir só a Ti.

Nietzsche

(Traduzida do alemão por Leonardo Boff)

3 comentários:

Pastora Guiomar disse...

Em um mundo onde lemos tantas celebridades desejando matar Deus no coração do homem, esta oração deveria ser bem divulgada. Aliás, lendo outros como Jung, vc descobre as lutas travadas por eles no mundo espiritual. Foi bom vir aqui. Vou publicá-l no nosso blog www.davidguiomar.blogspot.com
abraços e prosperidade.

UMADAL - JPB disse...

Obrigado pela ilustre visita!

http://blogdoprofvaldinei.blogspot.com/ disse...

Minha querida irmã, o foco não é este,pois tentar desqualificar Nietzsche, não é o caminho.
Algumas perguntas devem ser feitas antes de jogá-lo na vala comum dos hereges.
1)Que tipo de cristianismo imperava na sua época?
2)Será que hoje não estamos precisando de uns Nietzche?
3)Será que uma parcela representativa do cristianismo de nossos dias não vivem em busca de um Deus "resolve tudo" para seus "filhos minados"?
Profº Valdinei